NASCIDOS PARA CORRER !!

Sejam bem vindos.
Espero que este Blog, possa trazer um bom conteúdo, se você chegou aqui é porque temos algo em comum: Amor a Corrida !
Giba Angelucci Junior
junior.angelucci@gmail.com

segunda-feira, 15 de junho de 2009

A Importância da Hidratação



Matéria Nutrional de nossa parceira, amiga e corredora Denise E. Pinto Nutricionista e Pós graduada em Nutrição Esportiva e Treinamento Físico

Nos treinamentos e provas de longa duração a hidratação deve ser constantemente realizada visando a manutenção do equilíbrio hídrico, da temperatura corporal e controle de eletrólitos, como o sódio e o potássio. Uma hidratação inadequado promoverá o aparecimento de um quadro de desidratação, podendo provocar alterações cardiovasculares, no equilíbrio hidroeletrolítico e irá proporcionar baixa performance no exercício.
Segundo a American College of Sports Medice, recomenda-se que os esportistas ingiram em torno de 500mL de líquidos nas duas horas que antecedem o exercício, para promover uma hidratação adequada e haver tempo suficiente para excreção da água ingerida em excesso.
Durante o exercício, a ingestão deve ser iniciada logo e em intervalos regulares de 15 minutos, com o objetivo de repor a água perdida através do suor. Entretanto, alguns estudos demonstram que o tempo deve ser avaliado em relação a sensação de sede do atleta, ou seja, quando ele sentir sede, pode se hidratar. A temperatura do líquido deve ser menor que a ambiente, em torno de 15 a 22ºC.
Recomenda-se a adição de quantidades adequadas de carboidratos e eletrólitos para eventos com duração maior do que uma hora, já que não prejudica a distribuição de água pelo organismo e melhora o desempenho. Porém, essa adição deverá ser calculada cuidadosamente por um profissional adequado.
Em um estudo durante a maratona de Boston de 2002, 13% dos atletas apresentaram baixa concentração de sódio no sangue, três atletas tiveram concentrações tão baixas que corriam risco de morte. Além disso, foi observado que muitos atletas beberam quantidades excedentes de líquidos a ponto de aumentarem o seu peso corporal ao final do percurso da maratona.
Parece coerente que a ingestão de acordo com a sede seja suficiente e mais adequada, pois acredito que o sistema nervoso central seja capaz de indicar corretamente o volume de fluido a ser ingerido, a partir de informações por ele integradas sobre todas as demandas do organismo. Além disso, é importante considerar o desenvolvimento do mecanismo da sede como parte do processo evolutivo do ser humano, o qual desenvolveu ao longo do tempo mecanismos diferenciados e perfeitamente integrados para regular o volume plasmático, assim como a sua temperatura corporal.
Por todos esses motivos apontados, vemos que a hidratação correta durante o treino ou uma prova pode alterar a nossa performance tanto para resultados melhores ou piores. Portanto, para o pessoal da Percorrer que vai participar da maratona, rústica ou do revezamento vamos reler as dicas e colocá-las em prática!

Denise Entrudo Pinto – Nutricionista e Pós graduanda em Nutrição Esportiva e Treinamento Físico

Um comentário:

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Giba muito boa a matéria, pois a alguns anos quando era inexperiente eu passei um sufoco em uma maratona, pois como estava bastante quente eu passava em todos os postos e bebia água e assim fui fazendo até o 30km, de repente quando chego nesse Km, senti que eu iria apagar e para não pagar mico eu parei imediatamente e sentei no meio fio, comecei a morder os meus lábios, bater os pés nos chãos e assim fiquei por alguns minutos até que o meu estado voltou a normal e caminhei por alguns minutos e fiz o restante da prova em baixa velocidade...Pois o que aconteceu comigo analisando, no passado teve uma revista de corrida que disse que era para passar em todos os postos de água e ir se hidratando e como era inexperiente fui fazendo e não é que o meu organismo tinha bastante água e como eu perdi muitos saís mineirais do corpo já viu né...Ainda bem que tive a consciência e parei...senão não estava contando essa história aqui...Pois nas provas se tiver muito quente eu me hidrato de 15 em 15 minutos da maneira certa, mais quando está fresco ou nublado eu me hidrato de 20 em 20 minutos...

Valeu...bons treinos...

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.blogspot.com